Arquivo da tag: Art

Shurastey

Uma história de um homem  e seu lindo cachorro e o seu fusca
História de amor …
O amor mas puro e verdadeiro o homem e o seu melhor amigo
Agora que tenho uma cachorrinha aprendi um pouco deste amor canino se tenho coragem de colocar a maltes Nenê em um carro e sair pelo mundo entre montanhas e cachoeiras acho que não os meus sonhos são mas concentrados na minha Sampa da garoa mas a nenê anda me acompanhando em todas as minhas loucuras nas minhas artes nas aulas de ballet ! E estamos aqui para viver … resolvi fazer está Ilustração por que esta história me tocou fundo o amor , o sonho , a coragem … obrigada Shurastey e Jesse _ por me ensinarem um pouquinho mas do amor , e sonhos são para serem vividos!
Eu e a Nenê vamos em frente aprendendo um pouquinho a cada dia e lutando pelos nossos sonhos ..,

Obrigada também a Julieta pelo mundo foi pelo perfil dela que achei o Shurastey_ !

 

A menina com medo ……

Eu estou quase um ano dentro de casa …..

e fui fazendo os meus trabalhos , escrevendo os meus textos , e tinha publicado os trabalhos por mês , mas cada um tem uma historia …

 

então resolvi fazer a serie de pequenos textos por trabalhos e ir contando um pouco ……..

 

cada um com seu titulo e sua historia ……

 

a aquarela que fiz logo  no começo da pandemia

a menina com medo do corona vírus !!!!!!

o medo , o que aconteceria ?

como seria o mundo ?

o novo normal !

o que é o novo normal ?

quando isto tudo acaba ?

melhor então se esconder ?

Será que assim passa ?

será que os dias acabam mas rapidamente assim ?

era um momento de muitas dúvidas e poucas respostas

São Paulo

São Paulo…..

Sampa terra da garoa. Terra de Ipê amarelos e roxos …Da avenida paulista que nunca para. Da vida que corre sempre no ritmo frenético. Seus prédios com suas janelas a iluminar a noite. Que às vezes até tem estrelas se olhamos bem! Sampa do (Ibirapuera) e seus patinhos Do (grafite) colorido com sua bailarina. A dança da cidade que nunca dorme! Uma dança entre cores das luzes dos prédios e dos faróis dos caros a brilhar! Dos patinhos a nadar Das orquestras que tocam sua música na sala São Paulo, da bailarina que ensaia no palco do municipal, da feira com suas frutas de todas as cores e seu pastel quentinho. Do café da casa das rosas, as rosas que dão um perfume diferente a, mas paulista das avenidas! A mesma avenida que abriga pinturas das meninas de rosa e azul e de outros mestres das pinturas, das esculturas das bailarinas a olhar o movimento da dança lá em baixo como uma grande Coreografia com corações batendo no ritmo paulista de ser! Pelos palcos de artistas anônimos, mas que fazem a cidade a dançar e que constroem um pouco, mas desta história a cada dia! Histórias feitas de marias de Tarsila de rosas e de ipês-amarelos, história feita de gente de verdade e de luzes de muita esperança sempre, por que sempre terá os patinhos a nadar o pastel quentinho, a música a tocar, a bailarina a dançar, o coração a bater, e alguma Tarsila ou Anita por aí a pintar o nosso ritmo paulistano de ser! Eu paulista de um bairro paulista até no nome Desejo a você a minha cidade, parabéns da Gabriela que herdou o nome de Jorge amado, mas que tem as cores de São Paulo na alma porque  São Paulo é isto uma mistura de cores, danças, sons, e dias melhores vão chegar

Natal

Cadê o papai Noel ?
Onde ele foi parar ?
Esta semana eu vi uma foto , tirada em algum shopping onde não sei , em alguma parte do mundo ou aqui perto mesmo ! E lá estava a cadeira do Noel sem ele , sem as crianças
Onde foi parar todo mundo ?
As luzes de natal estão acessas por mas que esteja discretas , afinal é natal , mesmo que não tenha o papai Noel , mesmo que tudo esteja tão solitário , mas é natal e as luzinhas vão se acendendo, e o menino Deus nasceu !
E natal , e o menino Deus nos mostra o significado! Que neste tempo tão diferente que nem o papai Noel apareceu, seja um tempo de reflexão e de amor ao próximo…
o ano que vem o papai Noel aparece !
Mas que até lá que possamos amar mas …