Arquivos da categoria: Artes

A flor , A borboleta

A flor

A flor que vai se abrindo para o mundo , que é tão grande, como uma borboleta que ganhou asas e busca por aí novos ares como um equilíbrio de uma equilibrista

A flor que se abre para o mundo ….

10 de setembro

Amanhã é dia 11 de setembro 

Amanhã… 

Hoje é dia 10 de setembro! 

Se alguém me perguntasse o que eu estava fazendo no dia 11 de setembro a vinte anos atrás eu saberia responder 

Mas se alguém me perguntasse o que eu estava fazendo no 10 de setembro a vinte anos atrás eu também saberia responder, eu sei até a roupa que eu estava culpa da memória fotográfica! 

Eu estava no aniversário da minha avó , em uma pizzaria de Moema 

Anos se passaram a mesma pizzaria continuou fazendo parte da minha vida , 

Hoje sei que não vai ter pizza e nem bolo , mas sei que de alguma este texto chegue !   vale a pena uma homenagem, minha avó me ensinou a escrever, e fez uma roupinha de bailarina para mim e me ensinou a gostar de café e groselha e biscoito de maisena tem coisa melhor … obrigada vó …  da sua única neta menina rsrsrs …  ( tá faltando meninas nesta família)  eu estava esperando o dia 10 para escrever .. escrever através de cada palavra que de alguma forma eu estou aqui ! 

Razão / Emoção

Razão  – a moça de cabelo azul

Razão  é aquela coisa que sempre perco fácil

e fico procurando quem sabe ela foi logo ai …..

quem sabe ela esta em alguma montanha com o céu azul

Emoção

esta mora dentro de mim

sempre morou

sempre fui cem por cento emoção

a moça de rosto amarelo

com os olhos brilhantes

a emoção não mora longe

ela mora logo ali

escutando o batimento do meu coração

Maria do Rosário

Maria do Rosário

Maria como nossa senhora

Rosário  como uma Rosa

Pequena no tamanho

Porém  enorme na coragem

Dona do gato Mimi

e de uma voz doce  que gostava de cantar beijinho doce

Proprietária de um rádio que as 4 da manhã já estava tocando uma moda sertaneja

nascida em laranjeiras do sul

cidade de céu azul

filha de um senhor polonês

Branquinha e Magrinha

conhecida como dona pequenina

costurava  vestidos de faixinha para as pequenas filhas

o céu azul da voz doce

do beijinho doce

Acompanhada pela sanfona do marido Jorge

notas suaves

Café sempre quietinhos no bule azul

um dia maria do rosario se foi …

comendo uma maçã

eu não a conheci

mas historia passa de geração para geração

está  história  poderia esta escrita em um papel de carta bem bonito

 

 

 

 

 

A menina com medo ……

Eu estou quase um ano dentro de casa …..

e fui fazendo os meus trabalhos , escrevendo os meus textos , e tinha publicado os trabalhos por mês , mas cada um tem uma historia …

 

então resolvi fazer a serie de pequenos textos por trabalhos e ir contando um pouco ……..

 

cada um com seu titulo e sua historia ……

 

a aquarela que fiz logo  no começo da pandemia

a menina com medo do corona vírus !!!!!!

o medo , o que aconteceria ?

como seria o mundo ?

o novo normal !

o que é o novo normal ?

quando isto tudo acaba ?

melhor então se esconder ?

Será que assim passa ?

será que os dias acabam mas rapidamente assim ?

era um momento de muitas dúvidas e poucas respostas

frozen

Livre estou Livre estou…E assim que começa a música do frozen Este final de semana fiz uma maratona no documentário que fala como foi feito frozen 2.

Quando saiu o primeiro filme, eu não era, mas criança há muito tempo! Mas gostei tanto do filme que comprei boneca, até o meu banheiro tem um tapete do frozen, o que não entendi na época, entendi ontem, o por que frozen mexeu comigo já que era um filme para meninas pequenas, a música do filme fala repetidamente livre estou…

O filme é de 2014, um ano extremamente difícil para mim, quando alguém me pergunta como passei tão bem por 2020, eu respondo foi 2014 que me ensinou principalmente para quem conhece a minha historia ,

aí ontem no documentário uma menina fala que a música do filme salvou a vida dela.salvou ela da depressão… no meu caso não foi uma depressão, mas cada  vez que eu tinha que sair em 2014, escutava a música livre estou assim eu ia me acalmando , e tentando ser livre do jeito que desse, a música ensinou-me que temos que seguir em frente e assim apesar de ser um filme para crianças a música ensinou-me que por, mas difícil que a vida seja temos que procurar ir em frente assim frozen me ensinou ,

e 2014 também  me ensinou a ser forte . Assim 2020 foi, mas fácil de levar e aprendi que a liberdade não está na rua e sim dentro da gente e dá para ser livre dentro de casa, e se em 2014 era difícil para sair de casa , 2020 tivemos que ficar em casa . Mas o lema de 2014 ficou livre estou …porque a liberdade está dentro de mim … Obs. o documentário está no Disney plus …

Dia do fotografo

8 de janeiro dia do fotógrafo
Um dia eu quis voar
Voar pelo mundo mágico da fotografia
O instante congelado para todo sempre
Um dia me apaixonei pelo laboratório fotográfico da faculdade
E sair por campos de girassóis
Por caminhos antes nunca percorrido
Pelas ruas de pedras de Paraty
Pela pousada linda da Maria Dela Costa
Pelos circos, pelos festivais de dança
Pelos museus, parques da luz do Ibirapuera
Dos eventos religiosos, aos eventos grandes da Av. mas famosa de São Paulo
Pelas flores do caminho
E aquele por do sol que sempre nos dá esperança
Pela música que chego a cantar quando vejo a fotografia do momento eternizado, notas que ficam para sempre em cores
As artes que vão se misturando entre um passo e outro entre o mi e sol
Entre girassóis e margaridas
As violetas da janela
A espera de um clique a ser eternizada
Feliz dia do fotógrafo
Obs. estas fotos são minhas!
Mas ultimamente tenho ficado mas na pintura, ilustração, bordado, mas gosto muito de fotografar também

Arteterapia 2020

 Arte 

 A Arteterapia 

 Ao abrir o caderno das sessões de arte terapia, encontrei um texto que começava assim: cores da vida que corre na alma, morte e vida que pulsa, e como a vida mudou o que era real virou virtual, e a vida começou a pulsar em outro ritmo! 

Mas em nenhum momento a arte deixou de pulsar em mim, deu-me força para seguir, entre uma cor e outra, teve dias, mas escuros, dias como arco-íris, dias de música alegres, dias de músicas tristes, mas aprendi muito com cada cor. 

 A vida bordada a arte que me ensina tanto, que me fez ir em frente com foco, força, fé e cores. 

 A arteterapia fez-me ver que posso levar cores ao outro, escutar, ensinou que a arte sempre salva que salvando a mim a arte pode salvar o outro. 

 Que sigamos em frente neste ano que se inicia com linhas, tintas, lápis de cor, um papel em branco para que possamos sempre recomeçar por que a vida é um eterno aprendizado em cores …