Arquivo da tag: MEMORIAS

um pequeno poema

Vai para o Jorge e sua sanfona
Devolvo de São Jorge
Vai para Maria do Rosário e sua voz doce
Vai para o João do olho azul
Vai entre azul de laranjeira do sul
Entre o vento de Catanduva
Vai entre os cristais de cristalina
Vai para os biscoitos mas doces
Que Castorina da terra dos cristais fazia
Vai para o interior da Adelina
Ou para a noite da barra funda do Antônio
Para os pinheiros do ar frio do Paraná
Para o pão de queijo do João

Aparecida ……

 

Aparecida ……

um tema muito presente nos meus trabalhos como artista desde de sempre a nossa senhora dos romeiros , que chegam com seus muitos pedidos e agradecimento , quantas e quantas historias de idas e vindas , ha gente agradecendo suas curas suas graças alcançadas e outros graças que ainda viram , quantas e quantas historias tem dentro a imensa básica de aparecida santinha achada no rio por três simples pescadores que entram para historia….. a historia da santinha achada dentro de um rio entre são Paulo e rio de janeiro , nossa senhora da conceição que pela historia virou nossa senhora da conceição aparecida mas conhecida como nossa senhora aparecida , aparecida de um povo inteiro do Brasil e dos Brasileiros , muitas vezes estive na básica, fico tentando imaginar cada historia que tem por trás de cada rosto que param na frente da santinha para agradecer rezar ou apenas olha la com o olhar mas puro , pureza é palavra que para mim define….. pureza e leveza , o ar de aparecida tem isto um misto de pureza e leveza e fé …. fé de um povo e sua santinha achada na leveza e pureza de um rio ….