Olivia ( parte 1)

Queria aqui falar desta memória bordada 

da memória da minha ti  , da Olivia , Tia da minha tia 

Olivia era bordadeira ,  passava horas bordado memórias de um tempo ,  as historias do interior do Paraná dos anos 50 , E procurando uma estrada  para seguir com o meu trabalho de conclusão de curso, cheguei nas palavras Tempo e  Memória  e na  historia da  Olivia  , 

A Olivia que foi aparecendo para mim nas paginas do livro Bisa Bia ,Bisa Bel  de Ana Maria Machado  escritora brasileira , que nasceu no Rio de janeiro em 1941 , ganhadora do prêmio Hans Christian Andersen entre outros prêmios 

O meu encontro com a literatura de Ana Maria Machado , foi tarde aos doze anos em uma noite fria de inverno , na lanchonete do  clube tomando um chocolate quente , sabores das noites frias de meados dos anos 90 

Tenho em minha memória pessoal , uma permanente tensão , entre livros  e agulhas , escrevendo , juntei todos os fios de um lado para outro , a ideia de relacionar a escrita e o bordar  , o gosto pela literatura foi bordado de fio em fio dos meus muito pontos se faz uma historia “ escritos de Ana Maria Machado , que vão juntando como em um grande bordado entre muitos fios e pontos memórias , o passado presente e futuro entrelaçados ,  o passado que se junta com o presente em uma arrumação da mãe de Bel a personagem principal que faz a união  entre o passado , presente e futuro  , na arrumação a mãe  da personagem principal Bel  , encontra uma foto da sua Avó Bia , a Bisa de Bel , a foto em um papel de formato oval ,  tinha impressa  nela uma  menina arrumada como uma boneca , a menina Bel  se encanta pelo retrato oval  , levando ele para todos os lugares da escola ate para o pátio do prédio e para a  rica imaginação , e  assim passado e presente vão se cruzando , na fala e na memória da personagem , a diferença entre os tempos as diferenças de gerações  , a diferença de ser mulher hoje e no passado , a transformação do mundo ,  o encontro com o futuro ao decorrer das paginas , através de Beta a bisneta  imaginaria de Bel , assim vão se juntando como pontos de um grande bordado , Bia bisa de Bel , a própria Bel , e Beta , bisneta de bel , e assim chegamos ao titulo , Bisa Bia , Bisa Bel 

E assim como a personagem de  Ana Maria Machado  encontrei Olivia , nas memórias da Minha Ti ,   

Olivia ,  não ficou registrada  em  papel fotográfico  ,  ela não  ficou  guardada em uma  gaveta , mas esta bordada na memória da minha tia ,  nas margens  do Rio  Adelaide , a Olivia da memória da minha tia tinha uma maquina de costura ,  e bordava  poesias de um outro tempo ,  irmã de Jorge  devoto de São Jorge , Filha de Chico Belo , tia da Eroni a minha ti , que sabe bordar também ,  o bordado entrou na minha vida para contar historias ,  para contar a historia da minha tia , bordar a historia dela para uma exposição minha que contava a historia da sua vida ,  e no percurso da pós  reencontrei Bisa Bia , Bisa Bel , e a Olivia nas memórias  da maquina e seu linho branco pronto para fazer um novo lençol  com flores bordadas , 

Bordados contam historias  ……  

bordado da ti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *